DESTAQUES DO DIA MARINGÁ

Suspeita de matar o marido com facada pode ter agido em legítima defesa, diz delegado

Thiago Hoffman E1718645660214

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

No último sábado (15), um homem de 39 anos, identificado como Thiago Hoffman, foi morto com uma facada em Umuarama (cerca de 160 km de Maringá). O sepultamento ocorreu neste domingo (16).

A esposa da vítima, de 37 anos, é a principal suspeita do crime. Segundo o delegado responsável pelo caso, é possível que ela tenha agido em legítima defesa.

O crime aconteceu no Parque Cidade Jardim, um condomínio fechado, onde o casal residia. A polícia encontrou Thiago caído na área externa da casa por volta das 16h30. Ele foi atendido pelos socorristas do Siate e do Samu, e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com as investigações, o casal tinha um histórico de brigas e agressões frequentes. Inclusive, a mulher havia obtido uma medida protetiva contra o marido, que já estava vencida.

No mesmo dia do crime, a suspeita foi detida e liberada após prestar depoimento. Os advogados de defesa alegam que ela agiu em legítima defesa e apresentaram boletins de ocorrência que documentavam agressões anteriores por parte de Thiago.

O delegado da 7ª Subdivisão Policial, Gabriel Menezes, disse que foi aberto o inquérito e agora a polícia vai ouvir a perícia e testemunhas.

Notícias em tempo real:

PUBLICIDADES & PARCEIROS