DESTAQUES DO DIA

Sargento aposentado não aceita fim de relacionamento e mata a ex-mulher a facadas

O sargento Haroldo Augusto da Cruz, de 56 anos, é o suspeito do assassinato de Viviane Aparecida de Castro Furlan, de 38 anos, na madrugada desta terça-feira, 2, no Jardim Tropical, em Marialva. A mulher, primeira vítima de feminicídio em Marialva neste novo ano, foi morta a facadas na frente de um filho de 12 anos.

O militar aposentado não aceitava o fim do relacionamento com a mulher quase 20 anos mais jovem e estaria enfurecido ao saber que Viviane passou o Ano Novo com outro homem em Porto Rico.

O filho da vítima, um garoto de 12 anos, disse que houve uma discussão e em seguida o homem agrediu a mulher com facadas. A polícia e o Samu foram chamados, mas já encontraram Viviane morta.

O sargento aposentado fugiu, mas há informações de que ele deverá se apresentar à polícia nas próximas horas.

PUBLICIDADES & PARCEIROS