PARANÁ

Raça Negra e Amado Batista emocionam mais de 100 mil fãs em shows no Litoral

Grupo Raca Negra durante a apresentacao do seu show dentro da programacao do Verao Maior Parana, em Matinhos - 17/02/2024 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Os palcos de Matinhos e Pontal do Paraná foram tomados pela emoção e por alguns dos maiores hits da música romântica brasileira na noite deste sábado (17), quando Raça Negra e Amado Batista tocaram para 128 mil pessoas de todas as idades no Litoral do Estado.

As apresentações encerraram o penúltimo final de semana da programação de grandes shows do Verão Maior Paraná, que ainda receberá Henrique e Diego, Zé Felipe e Zezé di Camargo e Luciano.

Na praia de Caiobá, o Raça Negra, um dos maiores ícones do pagode, encantou uma plateia de 110 mil pessoas. O grupo de mais de 40 anos de carreira embalou a noite com grandes sucessos do pagode romântico. “Cheia de Manias”, “É Tarde Demais” e “Vida Cigana” foram entoadas em uníssono, lavando a alma do público, que resistiu à chuva para acompanhar a apresentação.

Luiz Carlos, líder do Raça Negra, disse que se impressionou com a energia do público e com a estrutura do Litoral do Estado. “A gente vê que Matinhos e região está se desenvolvendo e que, a cada ano, muito mais gente vai vir aqui conhecer estas praias. Com esse festival, o Paraná mostrou uma visão para o futuro”, disse o cantor.

A apresentação do Raça Negra era uma das mais aguardadas da temporada, a ponto de atrair fãs de fora do Brasil que viajaram 20 horas para assistir ao show. Foi o caso de Iris Corbalán, que saiu de Assunção, capital do Paraguai, rumo a Matinhos para ver os ídolos.

“Cheguei às 8h da manhã para pegar um bom lugar para vê-los. É a segunda vez que acompanho um show deles, mas é a primeira que consegui ficar tão perto”, comemorou.

Iolete Maia, que nasceu em Belém, no Pará, mas que atualmente mora em Curitiba, disse que assistir a um show do Raça Negra foi a realização de um sonho. “Sou muito fã, mas nunca tive a oportunidade de ir a um show deles. É algo que estou conseguindo fazer só hoje, aos 45 anos de idade”, contou

PUBLICIDADES & PARCEIROS