DESTAQUES DO DIA MARINGÁ POLICIAL

Implante cerebral da Neuralink apresenta desconexões em primeiro paciente

Implante cerebral da Neuralink apresenta desconexões em primeiro paciente

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Noland Arbaugh, pioneiro no uso do inovador implante cerebral da Neuralink, enfrentou um revés quando 85% dos fios se desconectaram após a cirurgia cerebral. A informação foi apurada pelo The New York Times e divulgado pela Forbes Tech.

A Neuralink, liderada por Elon Musk, divulgou em seu blog que o contratempo ocorreu nas semanas que se seguiram ao procedimento cirúrgico. O The New York Times confirmou os detalhes, destacando a retração dos fios no cérebro do paciente.

A empresa respondeu ao caso ajustando seus algoritmos para captar melhor os sinais neurais, o que resultou em uma recuperação significativa da funcionalidade dos eletrodos.

Apesar dos riscos conhecidos, similares aos enfrentados em testes com animais, a Neuralink permanece otimista quanto à eficácia do dispositivo.

O Dr. Miguel Nicolelis, em entrevista à Forbes Brasil, expressou ceticismo, comparando as ambições de Musk a ficções científicas e alertando para os riscos físicos envolvidos.

No entanto, Arbaugh mantém uma visão positiva, disposto a continuar sua colaboração com a Neuralink, apesar da possibilidade de abandonar o estudo após um ano. A informação foi dada pela Forbes Tech.

Extraido de:

PUBLICIDADES & PARCEIROS